Partager:

Vin de Porto
Croft
Quinta da Roêda Vintage 2018, 75cl
Douro

31,29

 20%

 2020-2040

 Servi à 14º-16º

0 /5
0 notes

 

O Produtor, note de dégustation publiée dans 15 de novembre de 2020

Cor preto roxo muito profundo no centro, com um estreito bordo vermelho roxo. Embora o nariz mostre o carácter sedutor e opulento da fruta vermelha, uma característica familiar dos vintages da
Roêda, existem também aromas intensos de frutos silvestres que adicionam foco e requinte.
Como sempre, a fruta é envolvida num envelope de aromas exóticos de balsâmico, menta e eucalipto. A primeira impressão no
paladar é de um vinho redondo com uma textura rica e aveludada, mas está presente uma excelente acidez e taninos coesos e bem
integrados emergem no final. Poderoso e muito longo final, com sabores persistentes de fruta vermelha. Embora, como sempre, o
Roêda Vintage de 2018 seja maduro e sedutor, as características do ano e a contribuição dos vinhos das vinhas mais velhas da Roêda
colocam este excelente vintage de quinta num patamar muito elevado.

Voir tous les vins de ce producteur

Croft

O padrão climático em 2018 foi um pouco irregular e às vezes desafiador, mas no final as condições necessárias para criar um excelente
Porto Vintage aconteceram. O ano começou extremamente seco, pois houve muito pouca chuva no ano anterior e, em Janeiro, cerca de
dois terços da área terrestre de Portugal estavam sofrendo com a seca. O stresse nas videiras devido às condições áridas foi aliviado
em Março devido a fortes chuvas. A estação meteorológica na Quinta da Roêda registrou 223 mm de precipitação durante o mês. Isso reabasteceu as reservas de água subterrânea
esgotadas no ano anterior e essa humidade do solo foi decisiva durante a estação de amadurecimento. O clima permaneceu frio e
húmido até o final de Junho e o ciclo da vinha estava cerca de três semanas atrás do calendário do ano anterior. Um Julho seco e
relativamente ameno foi seguido por um mês quente de Agosto, com temperaturas bem acima de 40 ° C sendo registadas no início do
mês nas zonas mais orientais do Vale do Douro. O calor intenso permitiu que o ciclo se acelerasse. As abundantes reservas de água
no solo, construídas na Primavera, significavam que as uvas amadureciam de maneira uniforme e gradual, apesar das
condições quentes. A colheita na Quinta da Roêda começou no dia 17 de Setembro, sob clima quente e seco. Os rendimentos foram
baixos, mas os vinhos apresentavam excelente intensidade de cor, muito bom equilíbrio ácido e elegância e frescura da fruta.

Information allergène

Contient des sulfites.

UGS: 105645

Croft

L’une des premières maisons de vin de Porto. L’origine de Croft remonte à 1588, date à laquelle la société a été créée en Angleterre.
par Henry Thompson, un membre de la Compagnie des Marchands de York. La famille Croft, qui a rejoint l’entreprise en 1736 et lui a donné son nom.
son nom actuel, a joué un rôle très prestigieux dans le commerce du vin de Porto. Un livre récemment publié par le cabinet
par l’entreprise après de récents travaux de recherche, a révélé la longue et fascinante histoire de l’entreprise. La réputation de Croft en tant que
producteur de porto vintage vient en grande partie de sa propriété de la Quinta da Roêda, l’une des meilleures quintas de la vallée du Douro.
meilleurs domaines de la vallée du Douro et ses vins légendaires tels que le Croft 1945, reconnu comme l’un des meilleurs
de cette année historique. En septembre 2001, Croft a fait partie de The Fladgate Partnership, le groupe familial propriétaire de
les célèbres maisons Taylor’s et Fonseca.

Adresse

[email protected] · www.croftport.com · +351 223 742 800